Navegação
Principal
    Portal
    Novidades
    Contate-nos

Artigos
    Oficina
    Setup
    Matérias
    Enviar um artigo

Fórum BG
    Automodelismo
    Fórum
    Últimas mensagens

Opções de membros
    Perfil
    Mensagens privadas
    Minhas mensagens
    Tópicos supervisionados

Buscar
    Buscar

    FAQ
Buscar
 
 

Resultados por:
 


Rechercher Busca avançada

Conectar-se

Esqueci minha senha

Top dos mais postadores
PIO
 
Moisés
 
sheik
 
Ricardo
 
BGHOBBY
 
Admin
 
Erison
 
THOMAS
 
Robson
 
gabiaudio
 

Estatísticas
Temos 46 usuários registrados
O último usuário registrado atende pelo nome de Matheferrari

Os nossos membros postaram um total de 402 mensagens em 71 assuntos
Quem está conectado
1 usuário online :: Nenhum usuário registrado, Nenhum Invisível e 1 Visitante

Nenhum

[ Ver toda a lista ]


O recorde de usuários online foi de 6 em Dom 08 Ago 2010, 22:14

ACERTO DE MOTOR.

Ir em baixo

ACERTO DE MOTOR.

Mensagem  Moisés em Sab 18 Set 2010, 08:56

Replicando as palavras do amigo da speed work, para termos a informação aqui tbm.

ACERTO DE MOTOR.

Seu motor já esta amaciado?
Se sim, agora vamos iniciar o processo de acerto e ajuste fino do motor.
Nesta fase irei colocar algumas dicas para se obter o Maximo em performance do motor para corridas.
Aqui falarei de acertos para Performance, claro que tentando ter sempre uma margem de segurança.
Existem varias formas e dicas para se obter uma boa regulagem,cada piloto tem a sua tentarei colocar de uma forma mais clara possível as formas que já venho utilizando a tempos nos ajustes de meus motores.

Afinação básica de fabrica.
Todo motor vem de fabrica com um ajuste pré determinado,geralmente ficando na media de :

Agulha de baixa – de 2 a 3 voltas-----
Agulha de alta---de 3,5 a 6 voltas.
Os ajustes acima podem variar de acordo com as marcas de motores.
O ideal e sempre iniciar o processo de ajustes na agulha da alta, para depois regular a baixa.

Iniciando ajuste fino.Com o motor devidamente aquecido, faca um pré ajuste na bancada, este momento e importante, pois e a partir de agora que você começa a treinar seu ouvido e adquirir experiência em carburar um motor.
Com ele já aquecido e podendo manter o ajuste de fabrica vá pra pista.
Efetue pelo menos umas três voltas para gerar calor e observe a temperatura do motor e como ele se comporta. Um motor bem acertado devera ser estável mesmo com temperaturas variando de 120 a 130 graus,não podendo oscilar marcha lenta.
Após as três voltas, entre nos Box e ao aparar você já poderá perceber como o motor ira se comportar...
Se ele chegar grilando (lenta alta mesmo com ele freado) significa que esta fino tanto em baixa quanto em alta.
Se ele chegar com lenta alta e ao parar ele demorar alguns segundos e a lenta abaixar, significa que o motor esta fino de baixa.
Nos dois casos acima, você precisa “ENGORDAR A MISTURA”, isso significa que você precisa abrir as agulhas, independente de se fora a baixa ou alta, sempre vá de 1/8 de volta para não perder a referencia.
E importante após abrir as agulhas voltar pra pista e repetir mais três voltas rápidas, entrar nos Box novamente e repetir o mesmo processo.
Se ao entrar nos Box e desacelerar a lenta cair rapidamente e ficar estável, você estará bem próximo do ideal. Nesta momento faca o seguinte teste.....
O mecânico ergue o carro, e você então acelera para limpar o motor (uns 3 segundos) deixa cair em marcha lenta e observa durante 15 segundos, após isso você acelera rapidamente e observa os seguintes sintomas.

A- O motor respondeu rapidamente, sem engasgar, e subiu de giro muito rápido com pouca fumaça... MOTOR ADANDO SECO,,,,,precisa abrir 1/8 na baixa e na alta.
B- O motor respondeu bem, deu um leve “tuxo” de fumaça e subiu de giro soltando fumaça-----Motor bem próximo do ideal.

Vamos imaginar o seguinte...
Um Kart quando em corrida sempre no meio da reta principal, o piloto da uma Afogada no motor para poder lubrificar o motor, no motor de Rc esse processo e feito pela agulha de baixa, então e preciso ter em mente que uma baixa levemente gordinha (gordinha, não babando) fará com que o motor seja bem lubrificado quando você desacelerar para entrar em uma curva e ao retomar a aceleração ele ira soltar o Tuxo de fumaça e vai limpando por toda reta.

Agora a baixa.
Com a alta já devidamente regulada, entre nos Box e retire a bolha do carro, coloque-o em bancada, e a cada 1/8 vá fechando a baixa, e dando leves aceleradas (3x) ate 50% do carburador aberto (acima destes 50% entra a agulha de alta) após estas três aceleradas leves deixa na lenta e observe se a lenta esta estável. Se ele ainda ficar na lenta você vai afinando e dando estas 3 aceleradas leves.
Quando ao deixar na lenta você perceber que o motor inicia um aumento de RPM,volta 1/8 de volta a repita as aceleradas. Coloque a bolha e vá pra pista testar o carro.
De três voltas e na 4º volta solte em marcha lenta ao final da reta e escute o motor, ele devera baixar na lenta em no Maximo 3 segundos, devendo permanecer estável.
Tem a dica de apertar a linha de combustível como já expliquei em outro tópico.

Pronto, agora como poderemos saber exatamente se essa carburação esta boa?

È precisão saber fazer a leitura do motor.
Após todos os ajustes feitos como acima (pode haver variações de pilotos, taxa de compressão, vela e porcentagem de nitro).
Agora ande pelo menos um tanque completo, ate o final deixe o motor esfriar e vamos ler o motor internamente.
Retire com cuidado e em local Limpo, a vela do motor. Olhando a vela ela devera Ester levemente Umedecida, (se estiver seca e com filamento PRATA) precisa engordar a baixa em pelo menos mais meia volta .
Após ler a vela, vamos fazer a leitura da espoleta.
Uma boa carburação, ira propiciar uma coloração levemente Dourada na espoleta, (cor de wiskie), você pode tirar uma prova real ai, pois se a sua vela estiver umedecida, a espoleta estará dourada, mas se a vela estiver seca e com filamento prata, a espoleta não terá esta coloração cor de malte.
Visto isso o processo e simples...
VELA HUMIDA E ESPOLETA DOURADA------Ótima carburação.
VELA SECA E FILAMENTO PRATA ------Carburação pobre, ENGORDE.

Acerto de taxa.Partindo de motor pró. 12,todo motor já sai pré ajustado de fabrica pra rodar com combustíveis de ate 20% a nível do mar.(alguns indicam ate 30% como os base Picco).
Irei colocar aqui um acerto mais básico para que seja fácil a interpretação.
Os motores. 12 não as fabricados para rodarem com combustíveis com 30% de nitro,porem ao colocarmos taxa acima de 22% ele ira ter um rendimento maior apenas em baixa,mas ira sacrificar a alta do motor e isso sem falar que a autonomia ira despencar.
A taxa e feita de acordo com alguns fatores, como Altitude x porcentagem de nitro.
A quantidade compressão e limitada pela espessura dos calços a serem colocados na espoleta.
O calculo e simples,
+ CALÇOS = Menor taxa de compressão
- CALÇOS = maior taxa de compressão.
Alguns motores têm apenas um calço (shim, arruela) outros vem com vários, como os motores base picco.
Geralmente encontram-se da seguinte maneira. para motores .12
BASE NOVAROSSI 1 CALÇO COM 0,30
BASE PICCO 5 CALÇOS TOTALIZANDO 0,60
BASE SIRIO 1 CALÇO COM 0,30

Colocarei em linguagem simples.
Para rodar em nível do mar, a até 1000 metros acima e com ate 20% de nitro, pode se utilizar as seguintes taxas.
NOVAROSSI - DE 0,30 A MINIMO DE 0,25.
PICCO - DE 0,60 A MINIMO DE 0,45.
SIRIO - DE 0.30 A MINIMO DE 0,25

Sempre ter em mente que, ao efetuar uma alteração de taxa deveremos ter de recalibrar a carburação. Os ajustes de taxa podem ser utilizados para varias situações ,colocarei algumas aqui.
MOTOR COM TEMPERATURA ELEVADA MESMO RODANDO GORDO.
R- Adicione um calco de 0, 05, você ira perceber que a temperatura ira baixar levemente.

MOTOR LACRA NA RETA E NÃO DESENVOLVE EM ALTA.
R- Adicione um calco de 0,10, o motor ira trabalhar mais solto, e com temperatura levemente mais baixa. (processo indicado pra pistas de lata)

MOTOR ANDA BEM DEALTA POREM NÃO TEM FORCA EM BAIXA.
R- Retire 0,05 de calco EX- Se original tem calco de 0,30, deixe o com 0, 25, ira melhor a baixa... (processo indicado pra pistas curtas).

A taxa do motor pode ser alterada também com tipos de vela como:
VELA LONGA = Motor mais taxado.
VELA CURTA = Motor levemente mais destaxado.

Condições climáticas
Isso influencia e muito o desempenho do motor, não existe ajuste de motor que ira funcionar bem na próxima vez que você vá andar, e preciso entender e aceitar que um ajuste pode mudar varias vezes durante o dia, devido ao clima.
Parece fácil não é?
Porem o clima influencia diretamente no seu motor e ate mesmo nos confunde.
E normal alguns pilotos acharem que em dias quentes deve-se andar com o motor bem mais gordo etc., mas a regra não e assim.
Clima quente – requer uma carburação simples, nada de sair engordando seu motor, pois você ira perder a referencia que tinha de baixa e alta, e ai sim, vai ser um dia de cão pra acertar o motor novamente muita gente imagina o contrario

Clima frio.com clima frio e errado imaginar que o motor precisa trabalhar mais afinado para manter a temperatura etc... .Quanto mais frio mais se abre as agulhas, pois melhor será a queima devido uma quantidade maior de oxigênio devido ao frio.

Pipa-
Um componente muito importante na afinação do motor e a pipa. Co ela que você ira sintonizar seu motor e atingir ótimas performances.
Mais uma vez abordarei de forma simples e pratica.
Pista de alta requer uma pipa mais curta.
Pistas de baixa requer pipas mais compridas
Hoje a novarossi tem vários modelos de cotovelos (manifold) para que se possa ajustar o comprimento de suas pipas, adequando assim e faixa de torque que o motor precisa pra determinado tipo de pista.
No comprimento da pipa existe uma medida que se faz partindo da espoleta (vela) ate a solda da pipa, mas isso fica pra uma próxima matéria.

Embreagem.
Eis que chegamos a um ponto muito delicado, a embreagem esta dentre um dos principais problemas quando a performance não e a ideal.
Vamos simplificar ao Maximo os ajustes de embreagem.
Existem hoje ferramentas adequadas para se medir o gap e o And play de uma centax,porem darei uma boa dica para se ajustar uma centax.
Na montagem da mesma, comece com ajuste de carga (pressão da mola) em 1,2mm, esta pressão se tem da seguinte forma.
Com paquímetro tire a medida da ponta do vira ate encostar-se à porca da mola, neste ponto ZERE o paquímetro.
Volte a medir da ponta do virabrequim e vá ajustando ate chegar à medida de 1,2 milímetros. Agora você ira montar o sino ( já com os pinhões) e rolamentos ( apenas coloque não parafuse) com o sino já no gira,pressione o sino pra baixo e veja se ele esta em contato com a sapata do cambio,se estiver adicione calços (no gira)antes do rolamento ate que o sino não mais encoste na sapata do cambio ( não exagere nos calços).Agora parafuse o rolamento (trusti bearing) e observe a folga, neste ponto existem vários ajustes ,varias folgas, porem eu costumo deixar essa folga praticamente em zero.Agora vá para pista e veja se o desempenho mudou .
Lembre-se de que a embreagem pode ajudar e muito para se obter um bom chassi, e vai depender muito do estilo de cada piloto e o mais importante o grip da pista e que deve determinar o ajuste final de uma embreagem...
PISTA COM OTIMO GRIP- Embreagem forte e com bom Puunch, isso se da com os ajustes feitos acima, e carga de mola e ou com mola de espessura mais grossa.
PISTA COM GRIP RUIM- Embreagem mais suave, e com carga de pressão de mola mais baixa, ficando em ate um milímetro de aperto da mola...
Geralmente nos chassi pros de hoje o pessoal costuma utilizar-se de molas de centax para carros 1/8, com isso consegue-se uma boa pegada de embreagem.
Uma boa embreagem Dara mais saúde ao motor principalmente em baixas rotações.
Apenas lembrando que as dicas acima, são feitas, sem a utilização de régua pra ajuste, e os ajustes de Gap e And play ficam bem próximos do ideal.


Temperatura de motor
Como já relatei em outro tópico, um bom motor pra pista não pode ficar preso a um termômetro, ate porque não temos hoje um termômetro que efetue uma medição 100% corretam e nos de exatamente a faixa de temperatura que o motor esta trabalhando.
Se você estiver rodando com um bom combustível, e seu motor esta devidamente regulado, esqueça o termômetro, não se prenda a ele, pois durante uma corrida voe não terá tempo pra reabastecer e verificar a temperatura isso ira tirar de você, a condição de chegar entre os primeiros colocados. Quem fica escravo de termômetro jamais conseguira desenvolver uma habilidade de “ouvir “ se o motor esta bem regulado.
Lembre-se das dicas anteriores, FUMAÇA NA RETA TODA, (o motor começa e termina a reta com fumaça, mesmo que no fim da reta seja pouca, mas tenque ter fumaça) Em retomadas e ou saídas de curva tenque soltar um TUXO de fumaça e ir limpando.
Ao parar nos Box a lenta estiver estável e não acelerado, PARABENS seu motor esta com ótima performance. E ótima carburação.

Sintomas...
Queimando velas direto –
Verifique se não esta muito fino, o motor seca e queima vela.
Verifique se não esta muito taxado (pouco calco na espoleta).
Verifique se não esta com rolamentos deteriorados.
Verifique se não esta com porcentagem alta de nitro.
Verifique se a relação não esta muito curta.
Motor não limpa...
Verifique se não esta muito gordo de alta.
Verifique se a vela esta boa. (coloque o starter na vela e acelere se limpar e vela ferrada).
Verifique se não tem vazamento na linha de combustível (tanque e mangueiras)
Verifique se o cabeçote esta bem apertado.

E para finalizar...
Afinar um motor, acertar um chassi, não requer Dom, nem tão pouco e uma arte, isso e apenas experiência que se adquire com o tempo.
Aproveite a cada minuto que estiver na pista, observando os pilotos mais experientes, veja desde como se porta um piloto rápido, observe dentro do possível, os ajustes e seus efeitos nos carros. Seja interessado,pergunte sem medo, o Maximo que você poderá escutar e que no momento não se pode dar a devida atenção.
avatar
Moisés
Avançado
Avançado

Mensagens : 73
Data de inscrição : 03/08/2010
Localização : Caxias Do Sul

Voltar ao Topo Ir em baixo

Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum